O que isso tem a ver com amamentação?

O frênulo lingual é uma pequena prega de membrana mucosa que conecta a língua ao assoalho da boca e que impacta diretamente a amamentação, uma vez que pode interferir diretamente na mobilidade da língua. ⁣

Quando não há uma apoptose completa do frênulo durante o desenvolvimento embrionário, o tecido residual que permanece pode limitar os movimentos da língua, podendo levar à uma condição denominada anquiloglossia.⁣

A anquiloglossia, ou mais comumente conhecida como frênulo lingual curto, portanto, se trata de uma anomalia congênita que ocorre de forma total ou parcial, que pode afetar o movimento normal da língua. De acordo com Ricke e colaboradores (2005), a presença de anquiloglossia triplica o risco de desmame na primeira semana de vida do bebê. ⁣

A anquiloglossia impacta negativamente amamentação, podendo interferir principalmente:⁣

👉 na pega do bebê ⁣
👉 na eficiência da mamada, podendo dificultar uma ordenha efetiva da mama⁣
👉 dor ao amamentar⁣

Hoje comemora-se o dia do teste da linguinha, que é um protocolo de avaliação do frênulo lingual em bebês, elaborado por Martinelli (2013) que visa a mensuração do impacto da anguiloglossia, englobando tanto aspectos anátomo-funcionais, quanto aqueles relacionados à sucção nutritiva e não nutritiva. O protocolo possui escores para os diversos aspectos avaliados, com uma escala progressiva de pontuação.⁣

No curso online Freios Orais e seus Impactos na Amamentação, ministrado pelas fonoaudiólogas Ana Paula Viana e Adriana Dile do @familiacorujarj e produzido pela @amamentamundi este e outros protocolos de avaliação são discutidos, além de tantas outras temáticas relativas não somente ao frênulo lingual, mas também demais freios orais, com o objetivo de capacitar os profissionais da área materno-infantil para uma abordagem mais adequada e precisa, quando da avaliação dos freios orais.
Pra saber mais sobre o curso é só acessar o site da Amamenta Mundi: www.amamentamundi.com.br ⁣

Deixe uma resposta